Bosque Zoológico Fábio Barreto promove Arraiá Julino

O Bosque Zoológico Fábio Barreto, ligado à Secretaria do Meio Ambiente, realizou uma nova edição do Arraiá Julino, na última quinta-feira, dia 20 de julho. O evento acontecerá ainda na sexta-feira, dia 21. A iniciativa é coordenada pelo Setor de Zootecnia e Nutrição do Bosque e tem como objetivo aguçar os sentidos dos animais, por meio de técnicas de enriquecimento alimentar e estratégias estimulando encontrar os alimentos, como estivessem farejando em ambiente natural.

Com isso, os visitantes podem aprender sobre os animais e sua alimentação, tanto em ambiente controlado, quanto em ambiente natural. “O objetivo do Arraiá dos Bichos é utilizar a temática de festas juninas, para realizar o enriquecimento alimentar. Consiste em fomentar um desafio para o animal se alimentar. Fortalecendo seus instintos naturais. Desta forma, ao invés de oferecer o fubá, em forma de polenta para uma arara, oferecemos o alimento envolvido em uma palha de milho, que aos olhos do visitante, é uma pamonha”, explicou o chefe do Bosque, Alexandre Felcar.

O espaço de área verde é de 250.880 m², onde vivem mais de 700 animais de 180 espécies, entre aves, peixes, mamíferos, répteis e anfíbios. O espaço concentra uma reserva de Mata Atlântica com árvores centenárias, como perobas, jequitibás, ipês e jatobás, além de abrigar animais ameaçados de extinção, como arara-azul, ararajuba, suçuarana, lobo-guará, mutum-do-sudeste, urubu-rei, anta, tamanduá-bandeira, jaboti-tinga e tracajá.

Nutrição/Zootecnia

O setor de Zootecnia (Nutrição) do Bosque Zoológico Fábio Barreto evoluiu para um sistema de “Nutrição de Precisão”, com a finalidade de oferecer macro e micronutrientes necessários para melhorar a saúde e bem-estar dos animais. O objetivo é oferecer uma alimentação balanceada com os nutrientes requeridos por cada espécie em função de sua idade, condição clínica e fase reprodutiva.

Medicina Veterinária

O Bosque sempre desenvolveu um importante papel para os cuidados, tratamento e reabilitação de animais silvestres. Por meio do seu hospital, o Bosque Zoológico recebe de munícipes, Corpo de Bombeiros, Polícia Ambiental, Ibama, SMA (Secretarias de Meio Ambiente) e outras instituições, animais silvestres vítimas de maus tratos, atropelamentos, queimadas, apreensões, entre outras causas.

Veja a programação do Arraiá nessa sexta-feira, dia 20:

– 9h: urso de óculos (Atividades: toca da maçã do amor, fogueira com espetos de milho cozido e jangadas com frutas)

– 10h: Macacos pregos (Atividades com pipoca, cocadas e polenta)

– 11h: Pequenos primatas (Atividades sorvetes de frutas, chapeuzinhos com petiscos)

– 14h30: Queixadas e Antas (Fenos com abóboras, frutas e espigas de milho)

Via Prefeitura de Ribeirão Preto