Inconsistência na classificação parcial do Sisu é corrigida

Após relatos de candidatos sobre possíveis erros na classificação parcial do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Ministério da Educação (MEC) emitiu uma nota nesta quarta-feira, 24, garantindo que foram realizados ajustes e que a ferramenta está operando normalmente. O MEC assegura que a equipe está em regime de plantão para garantir transparência e normalidade no processo seletivo.

A classificação parcial, disponível desde terça-feira, 23, deve ser acompanhada pelos candidatos no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior até o encerramento das inscrições nesta quinta-feira, 25, às 23h59. Durante esse período, a nota de corte pode oscilar conforme novas inscrições e mudanças nas opções dos estudantes.

O Sisu ofereceu, para a edição de 2024, 264 mil vagas em 6.827 cursos de graduação de 127 instituições públicas de ensino superior em todo o país. O resultado final será divulgado em 30 de janeiro, contemplando vagas com início das aulas tanto no primeiro quanto no segundo semestre de 2024. Após o resultado, candidatos não classificados podem manifestar interesse pela lista de espera até 7 de fevereiro, e as vagas remanescentes podem ser preenchidas ao longo do ano.

*Com informações de Agência Brasil

Sisu: inscrições para 1ª edição de 2024 começam na segunda-feira, 22

A partir da próxima segunda-feira, 22, terá início o período de inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2024, com o prazo se estendendo até 25 de janeiro às 23h59. O processo seletivo oferece oportunidades em cursos de graduação em instituições públicas de ensino superior de todo o país, englobando universidades, faculdades e a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

Mais de 264 Mil Vagas Disponíveis em 127 Instituições

Nesta primeira edição do Sisu 2024, serão ofertadas 264.360 vagas distribuídas em 127 instituições públicas de ensino superior, abrangendo esferas federal, estadual e municipal. A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) lidera, disponibilizando 9.240 vagas, seguida pela Universidade Federal Fluminense (UFF) com 8.788 e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) com 7.750 oportunidades.

Inscrições e Seleção

Os candidatos que participaram do Enem 2023 e obtiveram nota superior a zero na prova de redação podem se inscrever gratuitamente no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. A seleção dos estudantes será realizada pelo sistema do Sisu, considerando a nota do último Enem e observando a oferta de vagas por curso, modalidade de concorrência e perfil socioeconômico para a Lei de Cotas.

O resultado da chamada regular será divulgado em 30 de janeiro, com matrículas ocorrendo de 1º a 7 de fevereiro. A lista de espera poderá ser acessada de 30 de janeiro a 7 de fevereiro.