Botafogo fecha intercâmbio com clube português

O Botafogo FC firmou uma parceria com o FC Porto, um dos principais clubes de Portugal, para promover um intercâmbio voltado para a formação de jovens talentos. O acordo permitirá a realização de treinamentos conjuntos e a troca de conhecimentos entre os dois clubes nos próximos meses.

A primeira fase da iniciativa ocorrerá em julho, quando técnicos do FC Porto desembarcarão em Ribeirão Preto para comandar uma semana de treinamentos nas instalações do Botafogo, adjacentes ao Estádio Santa Cruz. Jovens atletas terão a oportunidade de participar dessas sessões, absorvendo a expertise dos profissionais europeus.

Na etapa seguinte, dois jogadores destacados durante os treinamentos em Ribeirão Preto serão escolhidos para passar uma semana nas instalações do FC Porto, em Portugal. A data exata para essa fase será anunciada até o final de julho.

Bruno Lodi, gerente de negócios internacionais do Botafogo e formado em scouting pela Professional Football Scouts Association (PFSA), foi o responsável por viabilizar a parceria. Lodi, que anteriormente geriu uma franquia da Ronaldo Academy na cidade, destacou a importância da colaboração: “É uma conquista significativa para o clube, que agora ganha visibilidade na Europa e mostra seu compromisso com o desenvolvimento de seus treinadores e futuros jogadores.”

Esta parceria se insere em um contexto onde a influência de técnicos portugueses no futebol brasileiro vem crescendo. O próprio Botafogo é comandado pelo treinador Paulo Gomes, português de origem. Segundo ele, a integração com a escola de futebol do Botafogo é um avanço importante.

Birinha, gerente de futebol do clube e ex-jogador formado pelo Botafogo na década de 1990, comemorou a evolução proporcionada pela parceria, especialmente no que tange à formação de base: “Essa troca de experiências é crucial, pois oferece aos nossos atletas uma nova perspectiva de trabalho, impulsionando sua evolução e aprimorando sua mentalidade e entendimento do futebol.”

Os interessados em participar devem se inscrever na secretaria da escola de futebol do Botafogo ou através do WhatsApp pelo número (16) 99711-7324, lembrando que as vagas são limitadas.

Botafogo vence segunda partida seguida com gol de falta

O Botafogo-SP conquistou sua segunda vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Vila Nova-GO por 1 a 0 neste domingo (16), no Estádio Santa Cruz/Arena Nicnet, em Ribeirão Preto, durante a décima rodada da competição.

O gol decisivo foi marcado pelo lateral-esquerdo Jean Victor, em uma cobrança de falta aos 46 minutos do primeiro tempo. Com este triunfo, o Tricolor subiu para a 16ª posição na tabela, somando 10 pontos, e está agora a apenas dois pontos da Ponte Preta, 13ª colocada. O próximo desafio do Botafogo será justamente contra a Ponte Preta, em um confronto marcado para a próxima quarta-feira (19), às 21h, no Estádio Santa Cruz/Arena Nicnet.

FPF altera as datas de dois jogos do Botafogo na Copa Paulista

A Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciou nesta quarta-feira (12) alterações nas datas de duas partidas do Botafogo na Copa Paulista. O jogo de estreia, originalmente agendado para 23 de junho contra o Monte Azul, foi transferido para 24 de junho (segunda-feira), às 19h, no Estádio Santa Cruz/Arena Nicnet. Já o clássico Come-Fogo, que estava previsto para 7 de julho, será disputado em 9 de julho (terça-feira), também às 19h, no mesmo local.

Essas mudanças foram motivadas por ajustes na tabela devido à programação dos jogos da Série B do Campeonato Brasileiro, conforme informou a FPF. O Botafogo, que enfrentará o Barretos fora de casa em 28 de junho pela segunda rodada, deve estar atento a possíveis novas alterações no calendário. Abaixo, as datas e horários dos próximos jogos do Botafogo na Copa Paulista:

  • 2ª Rodada: 24/06 (Domingo) – 19h – Botafogo x Monte Azul
  • 3ª Rodada: 28/06 (Sexta-feira) – 20h – Barretos x Botafogo
  • 4ª Rodada: 09/07 (Domingo) – 19h – Botafogo x Comercial
  • 5ª Rodada: 14/07 (Domingo) – 10h30 – Francana x Botafogo
  • 7ª Rodada: 28/07 (Domingo) – 10h – Monte Azul x Botafogo
  • 8ª Rodada: 04/08 (Domingo) – 10h – Botafogo x Barretos
  • 9ª Rodada: 11/08 (Domingo) – 10h – Comercial x Botafogo
  • 10ª Rodada: 17/08 (Sábado) – 15h – Botafogo x Francana

Botafogo aproveita pausa na Série B para recuperar jogadores lesionados

Após a vitória contra o Santos, o Botafogo-SP comemora a pausa na Série B como uma oportunidade estratégica para descanso, treinamento e recuperação dos jogadores lesionados. O técnico Paulo Gomes valoriza o intervalo sem jogos, essencial para reabilitar os cinco atletas no departamento médico devido a problemas musculares: os zagueiros Matheus Costa, Bernardo Schappo e Ericson, além dos atacantes Alex Sandro e Robinho. A previsão é que eles iniciem a transição nesta terça-feira, 11, visando estar à disposição para o confronto contra o Vila Nova.

“Esse intervalo é crucial para a recuperação. É ótimo chegar a esta fase sem mais lesões. A sequência de oito jogos em um mês foi extremamente intensa,” destacou Paulo Gomes.

Depois de vencer o Santos, o elenco do Tricolor teve dois dias de folga e retornou aos treinos na quinta-feira. As atividades seguem diariamente até a partida contra o Vila Nova, marcada para o dia 16, às 11h, em casa. Originalmente, o Botafogo-SP jogaria contra o CRB neste sábado em Maceió, mas o jogo foi adiado devido à final da Copa do Nordeste disputada pelo adversário no domingo, onde o CRB foi vice-campeão ao perder nos pênaltis para o Fortaleza. A nova data da partida ainda será definida pela CBF.

Mesmo com a pausa, a posição do Botafogo-SP na tabela permanece delicada. Com os times atrás dele – Ituano, Brusque e Guarani – perdendo na última rodada, o Botafogo mantém-se na 17ª posição, na zona de rebaixamento, com sete pontos. A próxima partida será crucial para sair desta situação.

Botafogo-SP ganha do Santos e celebra primeira vitória na Série B

O Botafogo-SP conquistou sua primeira vitória na Série B nesta segunda-feira, 4, derrotando o Santos por 2 a 1 em Londrina. O técnico Paulo Gomes destacou a importância do triunfo, ressaltando a qualidade do adversário, que considera bem treinado e com um excelente técnico.

Este resultado encerrou um jejum de nove partidas sem vitória e seis sem marcar gols. Douglas Baggio e João Costa foram os heróis da noite, marcando dois belos gols. Além disso, o gol de João foi o primeiro da carreira do jogador, com apenas 19 anos. Mesmo com a pressão do Santos nos minutos finais, o Tricolor segurou a vantagem e garantiu os três pontos.

Apesar das diversas lesões que afetaram a equipe, o Botafogo manteve sua proposta de jogo. Bernardo Schappo, Matheus Costa, Ericson e Robinho ficaram de fora devido a lesões musculares, obrigando o técnico a fazer ajustes no time titular. Lucas Dias e Fábio Sanches formaram a zaga, com Wallison e Brey nas laterais. No meio-campo, Paulo Gomes optou por uma formação menos utilizada, com João Costa, Matheus Barbosa e Gustavo Bochecha. No ataque, Baggio, Negueba e Alex Sandro foram os escolhidos.

Com a vitória, o Botafogo-SP chegou aos sete pontos e deixou temporariamente a zona de rebaixamento da Série B. O time agora aguarda a remarcação da partida contra o CRB, adiada devido à final da Copa do Nordeste, e se prepara para enfrentar o Vila Nova no dia 16 de junho, em casa. Para permanecer fora do Z-4, o Tricolor torce contra Guarani e Paysandu, que jogam nesta terça-feira.

Botafogo enfrenta o Santos nesta segunda-feira, 3

O Botafogo-SP prepara-se para enfrentar o Santos nesta segunda-feira, 3, pela oitava rodada da Série B, em um duelo que promete ser emocionante, apesar das situações opostas das equipes na tabela. A última vitória do Botafogo-SP sobre o Santos ocorreu em 29 de janeiro de 2022, na primeira fase do Paulistão, com um gol decisivo de Matheus Carvalho. Desde então, o Tricolor não conseguiu triunfar contra São Paulo, Palmeiras e Corinthians, com os últimos triunfos ocorrendo em 2020, 2014 e 1991, respectivamente.

Atualmente, o Botafogo-SP enfrenta um desafio significativo, ocupando a lanterna da competição com apenas quatro pontos e sem nenhuma vitória na Série B. Em contraste, o Santos está em uma posição confortável, com 15 pontos, e pode retomar a liderança do campeonato com uma vitória.

Apesar das dificuldades, o Botafogo-SP tem mostrado bom desempenho contra grandes equipes nesta temporada, embora sem vitórias. No Paulista, o Tricolor enfrentou o Santos na estreia, perdendo por 1 a 0. Em outros jogos do estadual, perdeu por 4 a 1 para o Corinthians, mas com estatísticas positivas, e por 1 a 0 para o Palmeiras, em uma partida elogiada pela comissão técnica.

O Pantera não marca gol há um mês, no confronto de ida contra o Palmeiras na Copa do Brasil. Já a última vitória, foi no dia 14 de março, contra o Anápolis, também pela Copa do Brasil.

O duelo entre Santos e Botafogo-SP acontece no Estádio do Café, em Londrina (PR), às 20h. Você poderá acompanhar a partida pelo Youtube e Facebook da WSports.

Fora do Brasil, Adalberto Baptista mantém Paulo Gomes no comando do Botafogo

O técnico Paulo Gomes, do Botafogo-SP, parece não estar preocupado com seu cargo, pelo menos por enquanto. Mesmo depois da eliminação para o Palmeiras na Copa do Brasil, o português foi ovacionado pela torcida, dando uma sobrevida ao seu trabalho no Tricolor. Porém, sem vencer há nove jogos, e depois de perder nesta segunda-feira, 28, para o Novorizontino, a situação parece estar mais delicada. Na derrota de ontem o treinador mexeu mal na equipe durante a partida e foi castigado com um gol contra do Carlos Manuel, que ainda não caiu nas graças do torcedor.

Antes do Novorizontino marcar o gol, a torcida presente no estádio chamou o técnico de burro várias vezes. E esta não foi a primeira vez. O adversário que não vencia no campeonato havia três jogos saiu vencedor do duelo derrotando o time da casa por 1 a 0. Durante a coletiva pós jogo, Paulo Gomes se disse bastante tranquilo mesmo sem vencer nenhum jogo no Brasileirão Série B.

“O que acontece aqui no Botafogo não define meu futuro, estou tranquilo, quando eu achar que não consigo vencer mais vou me embora”, afirmou Gomes.

Muitos torcedores achavam que o técnico seria demitido depois de mais uma derrota, o que não aconteceu, e nem deverá acontecer, pelo menos até o próximo jogo. Até porque, Adalberto Baptista, presidente do clube, está em viagem fora do país, portanto não acompanhou a derrota de ontem. Assim, não teria como demitir Paulo Gomes.

De acordo com o jornalista Wilson Rocha, no programa Arena WSports de hoje, 28, o treinador seguirá no comando até o jogo da semana que vem, contra o Santos, líder do campeonato. Jogo marcado para Londrina no Paraná. Depois disso, caso o time não vença, a diretoria irá avaliar minuciosamente a situação e decidirá o futuro do técnico.

“O jogo contra o CRB, que é depois do jogo contra o Santos, poderá ser adiado. Isto porque a equipe alagoana está disputando a final da Copa do Nordeste. Com isso, o Botafogo terá bastante tempo de um jogo para o outro. Tempo ideal para que um possível novo técnico conheça bem o elenco para prosseguir na competição. Esta será uma rara oportunidade para Adalberto Baptista mexer no treinador. Se não mexer agora, não terá outra oportunidade”, disse Rochinha.

O Botafogo já jogou 7 vezes no Campeonato Brasileiro e não ganhou nenhuma partida. Conquistou apenas 4 pontos em 21 disputados. Em 2023, nesta mesma competição, o tricolor somou 12 pontos nos 7 primeiros jogos. Para piorar o cenário, o zagueiro, Bernardo Shappo, saiu lesionado no jogo de ontem e deverá desfalcar o Pantera no jogo contra o Santos na próxima segunda-feira, 3.

Botafogo perde para Novorizontino e Paulo Gomes diz que ainda está confiante

Paulo Gomes, técnico do Botafogo-SP, refletiu sobre a sequência de nove jogos sem vitórias após a derrota por 1 a 0 para o Novorizontino em casa. Com quatro empates e três derrotas nas primeiras sete rodadas da Série B, o Pantera ocupa a lanterna da competição. Além disso, o time não marca gols desde o primeiro confronto contra o Palmeiras, pela Copa do Brasil, no dia 2 de maio.

“Se eu perder a confiança, não estou mais aqui. Confiança é essencial todos os dias. Se não acredito no meu trabalho, não estou fazendo nada. Se eu não ganhar jogos, estou aqui fazendo nada, tenho que ir embora,” afirmou Gomes, destacando a importância de acreditar no trabalho realizado.

Comentando sobre a derrota, que ocorreu após um gol contra de Carlos Manuel nos minutos finais, Gomes ressaltou que o Novorizontino teve mais tempo de preparação, já que o Botafogo jogou na última quinta-feira contra o Palmeiras pela Copa do Brasil. “O Botafogo jogou há quatro dias. Foi um período intenso para nós, com muitos jogos. O Novorizontino jogou há 10 dias. Meus jogadores deram tudo o que tinham e o que não tinham. O jogo contra o Palmeiras foi exigente fisicamente e tivemos que renovar as energias no segundo tempo. Acho que a equipe cresceu,” analisou.

A falta de opções criativas no banco de reservas foi outra preocupação destacada por Gomes. “É só olhar no banco de reservas, quem temos para entrar. Jogadores criativos só tínhamos o Willian, que é júnior, e o Arthur, que vem da base. O Novorizontino, neste momento, tem mais elenco que o Botafogo. Os jogadores que vieram do banco fizeram a diferença. Isso é uma constatação e já reconhecemos a necessidade de repor os jogadores que saíram. Não foi feito,” lamentou.

O próximo desafio do Botafogo-SP será contra o líder da Série B, o Santos, na próxima segunda-feira, 3, às 20h, no Estádio do Café, em Londrina-PR.

Botafogo-SP e Novorizontino se enfrentam nesta segunda-feira, 27

O Botafogo-SP enfrenta o Novorizontino nesta segunda-feira, 27, às 21h, em partida válida pela sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no estádio Santa Cruz/Arena Nicnet, em Ribeirão Preto. O Botafogo-SP ainda busca sua primeira vitória na competição e ocupa a zona de rebaixamento, somando quatro empates e duas derrotas, e apenas dois gols marcados na competição. Apesar disso, o recente empate por 0 a 0 contra o Palmeiras pela Copa do Brasil, embora tenha resultado na eliminação do time, trouxe um ânimo renovado para o elenco, principalmente para o técnico Paulo Gomes, que foi celebrado após o término do jogo pela torcida do Pantera.

O Novorizontino, por sua vez, não vence há três rodadas e caiu para uma posição intermediária na tabela com sete pontos, estando mais próximo dos últimos colocados do que do G-4. O time vem de um empate sem gols contra o Coritiba e busca recuperar os pontos perdidos. O técnico Eduardo Baptista poderá contar com o retorno do atacante Fabrício Daniel, enquanto o Botafogo-SP, terá que substituir o zagueiro Matheus Costa, lesionado.

Prováveis Escalações

Botafogo-SP (Técnico: Paulo Gomes): João Carlos; Fábio Sanches (Ericson), Lucas Dias, Bernardo Schappo; Wallison, João Costa, Gustavo Bochecha, Patrick Brey (Jean Victor); Emerson Negueba, Douglas Baggio, Alex Sandro.

  • Desfalques: Matheus Costa, Robinho (lesão muscular)
  • Pendurados: Paulo Gomes, Patrick Brey, Matheus Barbosa, Leandro Pereira

Novorizontino (Técnico: Eduardo Baptista): Jordi; Luisão, César Martins, Renato Palm; Raul Prata, Willian Farias, Marlon, Danilo Barcelos; Paulo Vítor, Waguininho, Neto Pessoa.

  • Desfalques: Rafael Donato, Vitinho (lesionados)
  • Pendurados: Renato Palm, Luisão

Arbitragem

  • Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
  • Assistente 1: Lucas Costa Modesto (DF)
  • Assistente 2: Jordana Pereira Batista (GO)
  • Quarto Árbitro: Ilbert Estevam da Silva (SP)
  • Árbitro de Vídeo: Daniel Victor Costa Silva (MG)

BOTAFOGO EMPATA COM O PALMEIRAS E FICA FORA DA COPA DO BRASIL

O Botafogo jogou bem, criou chances, mas empatou com o Palmeiras por 0 a 0, nesta quinta-feira (23), no Estádio Santa Cruz/Arena Nicnet, pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil.

Com o empate, o Tricolor se despediu da competição. O Pantera precisava vencer o rival por um gol de diferença para buscar a classificação nos pênaltis após perder o jogo de ida por 2 a 1, no início do mês, no Allianz Parque.

Após a partida, os jogadores botafoguenses saíram de campo aplaudidos pelos torcedores.

Agora, o Botafogo volta a jogar pela Série B do Brasileiro. Na segunda-feira (27), a equipe encara o Novorizontino, às 21h, no Estádio Santa Cruz/Arena Nicnet, pela sétima rodada da competição.

O JOGO

O treinador Paulo Gomes promoveu mudanças no Botafogo para o confronto contra o Palmeiras. Suspenso do duelo contra o Goiás, pela Série B, Bernardo Schappo entrou no lugar de Ericson. Na ala esquerda, Patrick Brey substituiu Jean Victor.

A equipe ainda teve alterações no meio de campo e no ataque. No meio, João Costa e Gustavo Bochecha substituíram Matheus Barbosa e Fillipe Soutto, respectivamente. Já o ataque teve Emerson Negueba, Douglas Baggio e Alex Sandro, que retornou ao time após se recuperar de lesão.

Com essa formação, o Tricolor foi melhor do que o Palmeiras na etapa inicial. A equipe alviverde chegou apenas uma vez com perigo logo no início após recuperar a bola no ataque, no entanto, não conseguiu finalizar.

Com o passar do jogo, o Pantera trocou passes e criou boas chances. Aos 10 minutos, após cruzamento para a área e desviou, Douglas Baggio dividiu com Marcelo Lomba e quase marcou.

Aos 22, Douglas Baggio recebeu na entrada da área, girou e concluiu para o gol, mas a finalização foi para fora.

Aos 33 minutos, o zagueiro Matheus Costa fez boa jogada individual, invadiu a área e chutou para Marcelo Lomba espalmar para escanteio. Na cobrança, Alex Sandro ajeitou para Bernardo Schappo, que não conseguiu chutar.

O Pantera voltou com a mesma formação para o segundo tempo. Porém, o zagueiro Matheus Costa saiu lesionado logo no primeiro lance. Assim, Matheus Barbosa foi substituído.

Com 15 minutos, o Palmeiras chegou duas vezes com Rony e Estevão, no entanto, João Carlos praticou boas defesas.

Três minutos depois, o Botafogo respondeu. Emerson Negueba recebeu pela direita e cruzou para Douglas Baggio, que cabeceou. A bola saiu raspando a trave.

Paulo Gomes fez mais uma alteração, colocando o atacante Toró no lugar do meio-campista João Costa. A equipe saía rápido para o ataque, mas não conseguia concluir no gol.

Aos 40, o Palmeiras teve outra chance com Luiz Guilherme, mas parou no goleiro João Carlos, que fez grande defesa.

Na reta final, o treinador botafoguense colocou Jean Victor e Leandro Pereira nas vagas de Patrick Brey e Gustavo Bochecha, respectivamente. O Pantera insistiu até o último minuto, mas não balançou as redes.

CONFIRA A FICHA TÉCNICA DE BOTAFOGO X PALMEIRAS
LOCAL: Estádio Santa Cruz/Arena Nicnet
COMPETIÇÃO: 3ª Fase da Copa do Brasil
DATA: 23/05/2024
HORÁRIO: 19h
ÁRBITRO: Anderson Daronco (RS)
ASSISTENTES: Rafael da Silva Alves e Fernanda Antunes
VAR: Rodrigo Ferreira
CARTÕES AMARELOS: Zé Rafael, Richard Rios, Piquerez e Abel Ferreira (Palmeiras); Bernardo Schappo e Lucas Dias (Botafogo)
CARTÕES VERMELHOS:
GOLS:
RENDA: R$ 1.615.410,00
PÚBLICO: 18.036
BOTAFOGO: João Carlos; Matheus Costa (Matheus Barbosa), Lucas Dias e Bernardo Schappo; Wallison, João Costa (Toró), Gustavo Bochecha (Leandro Pereira) e Patrick Brey (Jean Victor); Douglas Baggio, Alex Sandro e Emerson Negueba. Treinador: Paulo Gomes.
PALMEIRAS: Marcelo Lomba; Marcos Rocha, Gustavo Gomes, Murilo e Piquerez; Zé Rafael (Gabriel Menino), Richard Ríos (Aníbal) e Raphael Veiga; Estevão (Mike), Endrick (Luís Guilherme) e Lázaro (Rony).Treinador: Abel Ferreira.