Cidades da região de Ribeirão estão entre os municípios paulistas com festas que destacam o legado da cultura italiana

Festivais gastronômicos e culturais, como a festa de Quiririm, de Taubaté, e a Festa Di San Genaro, em Batatais, Estado se destaca pelas atrações temáticas em comemoração aos 150 anos da imigração italiana

São Paulo é um dos estados que mais recebeu imigrantes italianos no Brasil. Essa presença é vista tanto na capital, quanto em vários municípios do estado. Pensando nisso, a Secretaria de Turismo e Viagens de SP (Setur-SP) listou 20 municípios que trazem a cultura italiana em seu DNA, possuem diversos atrativos, contam com eventos para lá de especiais, e estão no guia temático que a Setur-SP está preparando. Confira!

Barretos

A famosa cidade de Barretos dista 233,7 km de São Paulo e se destaca por seus eventos de grande porte, como a Festa do Peão de Barretos. Além disso, entre os atrativos da cidade há o Parque do Peão Os Independentes, onde ocorre a Festa do Peão de Barretos; Barretos Country Park; a Catedral do Divino Espírito Santo; e o Museu Histórico, Artístico e Folclórico Ruy Menezes; o Teatro Jorge Andrade, o Sítio Paraíso, entre outros.

Por sua vez, a relação de Barretos com a cultura italiana é que, entre 1910 e 1920, a cidade recebeu uma grande quantidade de imigrantes italianos. Eles vieram trabalhar nas fazendas de café, que era o principal produto exportado na época.

Dito isso, atualmente, há a Festa Italiana, que acontece em maio. A Festa Italiana de Barretos é uma celebração anual que conta com comidas típicas da culinária italiana, além de apresentações de danças folclóricas, música tradicional italiana e atividades culturais. A festa é realizada no Santuário Diocesano de Nossa Senhora do Rosário e atrai milhares de visitantes. É um evento festivo que destaca a influência e a tradição italiana na cidade de Barretos.

Americana

Localizada a cerca da 150 km da capital paulista, Americana é conhecida por seu aspecto histórico e sua gastronomia. Então, a cidade possui atrativos como a Casa Hermann Müller, a Basílica de Santo Antônio de Pádua, a Estação Cultura de Americana Estação Ferroviária, o Museu Histórico Pedagógico Municipal Doutor João da Silva Carrão, entre outros.
Além disso, uma grande parte da população americanense tem antepassados de origem italiana por conta da vinda de imigrantes para trabalhar na indústria têxtil local.
Um dos eventos temáticos da cidade é o Festival Italiano, que acontece entre os dias 13 e 14 de abril, na Feira Industrial de Americana FIDAM.

O Festival é um evento gastronômico que tem o objetivo de preservar as origens dos antepassados italianos, além de valorizar a contribuição deles no progresso da cidade. Então, com bebidas e comidas típicas, o Festival também traz uma programação de apresentações artísticas que privilegia a cultura italiana.

Mogi Mirim

Em 1886, os fazendeiros de Mogi Mirim começaram a angariar o trabalho de imigrantes estrangeiros para suas lavouras de café e algodão. Entre esses imigrantes, estavam os italianos.
Além disso, a cidade de Mogi Mirim é um encanto pelos seus atrativos naturais. Entre os pontos turísticos, estão: o Complexo Lava Pés, o Horto Florestal e o Zoológico Municipal Luís Gonzaga Amoedo Campos.

Ainda, entre os dias 09 de maio até 19 de maio, há a Festa Della Mamma no Espaço 250 anos “Jornalista Valter Abrucez” – Av. Santo Antônio, 296 – Centro. Essa é uma tradicional festa italiana realizada desde 1999 que faz parte do Calendário Estadual de Turismo desde 2001 e é realizada pela Società Emilia-Romagna Baixa Mogiana. O evento reúne música, dança, bebidas e comidas típicas em dois fins de semana, do Dia das Mães e o seguinte. Neste ano, contará também com exposições de quadros e apresentações teatrais sobre a Imigração Italiana.

Jundiaí

Localizada a cerca de 59 km da capital paulista, Jundiaí é conhecida por fazer parte do Circuito das Frutas e por realizar a Festa da Uva. Inclusive, Jundiaí é chamada de “terra da uva” e é um destino de enoturismo. Atualmente, mais de 75% da população de Jundiaí é descendente da imigração italiana, o que faz de Jundiaí uma das maiores colônias italianas do Brasil. Na primeira metade do século XX, a cidade também sua vocação industrial. Além disso, a cidade oferece atrativos como o Jardim Botânico de Jundiaí, a Rota da Uva, o café Colonial Bella Mattina.

Um dos eventos temáticos da cidade é a Festa Italiana di Jundiaí, que acontece de 18 de maio a 09 de junho, na Rua Humberto Primo, 103 – Colônia. A Paróquia Sagrado Coração de Jesus, no bairro da Colônia, em Jundiaí, promove anualmente a Festa Italiana di Jundiaí. A festa começou a ser realizada em 1988 para marcar o centenário da imigração italiana em Jundiaí. Com a promoção do evento anualmente, a importância da imigração é relembrada, assim como os valores, costumes, tradição, cultura, culinária e origem.

Amparo

Se o turista procura por turismo histórico, religioso, gastronômico e até mesmo aquático, Amparo é o lugar certo. Isso porque Amparo é a capital histórica do Circuito das Águas e possui antigas fazendas de café transformadas em destinos turísticos. A mais famosa delas é a Fazenda Benedetti. Além disso, a cidade oferece atrativos como o Polo Gastronômico de Amparo; a Catedral Nossa Senhora de Amparo; o Polo Astronômico de Amparo; a Vinícola Terassos, entre outros. Um outro ponto imperdível é a Casa do Artesanato, uma antiga estação de trem que deu lugar para o Espaço Cultural Edu Bastos. O lugar reúne os artesanatos produzidos pelos moradores de Amparo, como as bonecas de pano, que são muito utilizadas na região.

Para quem deseja conhecer mais sobre a cultura italiana na cidade, há a Festa Italiana, que acontece de 01 à 09 de junho, na Praça Pádua Salles. Também conhecido como Festival da Gastronomia e Música Italiana,  o evento está em sua 15ª edição e é uma tradição de uma das maiores colônias que fizeram parte da formação do Município de Amparo.

Jarinu 

Localizada a cerca de 50 km de São Paulo, a cidade de Jarinu oferece diversos atrativos. Entre eles, há o Parque do Morango Duílio Maziero. Esse é um local ideal para caminhadas, piqueniques e passeios guiados pelas plantações de Morango.

Além disso, o empresário Duílio Maziero, descendente de italianos, começou o plantio de morangos em 1969, em Jarinu. Assim, ele foi pioneiro do Morango da raça italiana em Jarinu.
Outro atrativo imperdível para quem ama história e arquitetura é a Matriz Nossa Senhora da Paciência. Ainda em Jarinu, um dos principais atrativos é o passeio pelas tradicionais vinícolas. Lá, é possível saborear algumas das melhores uvas da região. Depois, vale conferir os pratos simples, como frango e polenta da região. O Campo de Golf da cidade também merece uma visita.

Agora, para experimentar um evento na cidade, há a 40° Festa do Morango Jarinu e Atibaia, que acontece de 28 de junho a 14 de julho, na Rodovia Edgard Máximo Zambotto, Km 77.
Neste ano, a tradicional Festa do Morango está na sua 40ª edição, tendo início em 28 de junho, no Parque do Morango Duílio Maziero, com diversos atrativos. Como, por exemplo, a venda e exposição de morangos, praça de alimentação, artesanato, minishopping e apresentações culturais. A entrada é gratuita.

Itupeva

Distante 60 km da cidade de São Paulo, a cidade de Itupeva tem vocação para o turismo gastronômico; turismo natural; enoturismo; lazer; turismo de aventura; e turismo de compras.
Entre os atrativos locais, há o Apiário; o Wet’n Wild; o Iutlet Premium; e a Quinta Nossa Senhora Aparecida. Ainda, a cidade faz parte do Circuito das Frutas.
Em 1870, com a cultura do café, os primeiros imigrantes italianos se estabeleceram em Itupeva.

Um dos principais eventos de Itupeva é a Expo Uva, que acontece de 13 a 15 de dezembro, no Parque da Cidade. Durante os dias de atividades, estão previstos shows musicais, apresentações típicas e culturais, além da exposição de frutas, artesanato local e premiação e leilão de uvas. Ainda, há além de praça de alimentação.

Serra Negra

Localizada a 143 km de São Paulo, a cidade de Serra Negra tem como foco o turismo de lazer; o turismo rural; o cicloturismo; turismo de compras e gastronomia. Entre os atrativos da cidade, há a réplica da Fontana di Trevi; o Alto da Serra Clube de Voo; o Parque Macaquinhos Turismo; o teleférico e Mirante Cristo Redentor, entre outros. Além disso, a relação da cidade com a Itália vai além da réplica da Fontana. Isso porque os imigrantes italianos chegaram na cidade em 1880 para trabalhar nas lavouras de café.

Atualmente, acontece um evento temático da cultura italiana, em setembro, na Praça Jhon F. Kennedy. Esse é um evento anual que tem o objetivo de mostrar aspectos da gastronomia, música e cultura italiana.

Santa Rita do Passa Quatro

Com geografia privilegiada e clima agradável, Santa Rita do Passa Quatro é uma estância climática e oferece contato com a natureza, tranquilidade ou aventura.
Entre os atrativos da cidade, há a Cachoeira Três Quedas; o Museu Histórico e Pedagógico Zequinha de Abreu; o Santuário Santa Rita de Cássia; o Teatro Mário Covas; o Deserto do Alemão, skatepark, entre outros. Além disso, a cidade recebeu vários imigrantes italianos durante a 2ª Guerra Mundial, o que fez com que 75% da população da cidade seja descendente de italianos, que vieram da região de Veneto e Lombardia, na Itália.

Ainda, um dos principais eventos da cidade é o Festival de Tradições Italianas, que ocorre de 05 a 08 de julho, na Praça Poeta Mario Mattoso (praça da Estação).
O evento é marcado pela grande participação da população e conta com apresentações de músicas e de danças típicas. Barraquinhas com comidas tradicionalmente italianas também fazem parte do evento. O Festival é uma homenagem à presença majoritária de descendentes italianos no município. Ainda, o evento é sucesso na cidade, que está em seu 32º ano de realização em 2024.

Batatais

A cidade de Batatais fica a 354,6 km de São Paulo e se destaca pelo seu rico turismo cultural. Entre os pontos turísticos locais, há obras de Cândido Portinari na Igreja Matriz da cidade. Além disso, houve Centro Cultural Professor Sérgio Laurato; a Galeria Con Silva Naif; o Museu Histórico e Pedagógico Doutor Washington Luiz; a Estação Cultura Editor José Olímpio; o Lago Artificial Ophelia Borges Silva Alves.

Já a relação da cidade de Batatais com a Itália é a vinda de cerca de 8 mil imigrantes italianos para a cidade, durante a grande imigração, que ocorreu entre 1880 a 1930. A maioria dos imigrantes trabalharam na lavoura cafeeira em expansão.

Atualmente, um dos principais event0os de Batatais é o Festival Gastronômico e Cultural di San Gennaro, que ocorre de 05 a 15 de setembro. O evento acontece no Centro de Eventos Antônio Carlos Prado Baptista Avenida Moacir Dias de Moraes, S/N.

Esse é um evento de grande importância no calendário do município, que ocorre anualmente contando com variados shows italianos e de outros estilos musicais. Além disso, há exposições de carros antigos, encontro de motociclistas, exposições de artes e artesanatos e típica comida italiana regada a bons vinhos. Ainda, a festa reúne um público de aproximadamente 80 mil pessoas, sendo em grande parte turistas de todos os estados brasileiros.

Pedrinhas Paulista

A cidade de Pedrinhas Paulista está a 482 km da capital paulista e está localizada as margens do Rio Paranapanema. Além disso, a cidade é quase uma “Itália brasileira”, pois a cidade foi construída quase que exclusivamente por italianos, que chegaram entre 1951 e 1952. Naquela época, cada imigrantes recebia uma casa. Eles cultivavam grãos, como milho, arroz, amendoim, entre outros, e criavam gado.

Já entre os atrativos da cidade, há o Memorial do Imigrante; a Paróquia São Donato; o Teatro Municipal; e os eventos culturais, como a Festa de São Donato; o Festival de Rock; a Cavalgada com Grupo de Tropeiros; Encontro de Motociclistas, entre outros.

Dentre esses eventos, um dos principais é a XXXIII – Festa Italiana de Pedrinhas Paulista, que acontecerá no dia 14 de setembro, no Salão de Festas da Praça Mons. Ernesto Montagner, s/n
Essa é uma tradicional festa realizada pela Associação Assistencial Maternidade e Infância São Domingos Sávio (Jardim da Infância), uma escola de educação infantil, a festa reúne cerca de 600 participantes, entre locais e visitantes.

Ribeirão Pires

Distante 40 km de São Paulo, a cidade de Ribeirão Pires é uma Estância Turística e tem atrativos para todos os gostos: religioso, ecológico, rural e de compras.
Com clima serrano, a principal atração é a represa Biellings. No local, e possível praticar esportes náuticos, velejar, entre outros.
Além disso, há atrativos como o Mirante Santo Antônio, que oferece uma vista panorâmica da represa e da região; a Capela Nossa Senhora do Pilar, que é uma referência no turismo religioso; e a Vila do Doce, espaço de artesanato e alimentação.

Por sua vez, a relação da cidade com os imigrantes italianos começou com a inauguração da parada do trem de Ribeirão Pires em 1885 pela São Paulo Railway. Assim, os italianos puderam chegar na cidade e se estabelecer.

Diante disso, um dos eventos que movimenta a cidade atualmente é a Festa Italiana, que acontece 14 a 22 de setembro.
A gastronomia é a principal atração da Festa, com opções de pizza, panqueca, caponata de beringela, risoto e lanches. Nesse caso, há lanches de linguiça, calabresa e mortadela.
Para quem prefere outros pratos, há porpeta com macarrão penne, polenta e frango frito, fogazza, macarronada, minestrone e muitos outros.

Jaboticabal

Localizada a 342 km da capital paulista, a cidade de Jaboticabal tem como foco o turismo histórico e cultural. Entre os atrativos da cidade, destacam-se a Pinacoteca Municipal; o Museu Histórico Aloísio de Almeida; o Jaboticabal Shopping; o Mercado Municipal e a Casa do Artesão, entre outros. Além disso, a cidade atraiu imigrantes italianos no início do século XX para trabalho na agricultura local.

Dentre os principais eventos de Jaboticabal, há a Noite Italiana Jaboticabalense, que acontecerá no dia 14 de setembro. Neste ano, a Noite Italiana Jaboticabalense celebra os 150 anos de imigração. A festa oferece ao público pratos como nhoque, macarrão, tábua de frios com pão italiano, raviole, fetucine, farfole, capeleti, polpetone, polenta com frango. Além de doces e outras delícias típicas da culinária italiana.

Taubaté

Local de nascimento do autor Monteiro Lobato, Taubaté é uma cidade conhecida por seu lado histórico e natural.
Alguns dos atrativos da cidade são: Museu Monteiro Lobato, que oferece atividades interativas para todas as idades; o Museu Amancio Mazzaropi, que traz informações e itens originais de um dos principais dramaturgos brasileiros.

Além disso, há o Museu da Imigração Italiana Quirimirim, que é destinado ao estudo da língua e da cultura italiana e traz documentos referentes à imigração. Há também o Parque do Itaim, local imperdível para os amantes da natureza; e a Feira de Artesanato de Taubaté, que é um prato cheio para quem ama comprar. 

Ainda, há a Festa Italiana de Quiririm, que acontece de 26 de abril à 01 de maio. A festa acontece na Av. Cel. Marcondes de Mattos, no Distrito de Quiririm. A festa reúne diversas atrações musicais e comidas típicas. Entre as opções de alimentação, há iguarias típicas como polenta frita, macarrão, pizza e frango. Além disso, a entrada no evento e os shows são gratuitos.

Canas

Localizada a leste do Estado de SP, na região do Alto Vale do Paraíba, ás margens do Rio Paraíba do Sul e entre as Serras do Quebra Cangalha (do Mar, Mantiqueira), a cidade de Canas dista 190 km de São Paulo.

O nome da cidade “Canas” se deu por uma desapropriação do governo para assentamento de família de imigrantes italianos, com a finalidade de plantar cana e abastecer o engenho central de Lorena.Atualmente, a cidade está incluída em um programa de turismo histórico do Vale do Rio Paraíba e participa da Rota da Estrada Real.

Também oferece atividades como eventos culturais, pesca esportiva, visita às igrejas, à Sede Nacional da RCC – Renovação Carismática Católica, passeios de bicicleta, visita ao Café Rancho dos Cavalos, aos Pesqueiros e ao Espaço Cultural Cerâmica, entre outras opções. Ainda, um dos principais eventos da cidade é a Festa Italiana, que acontece de 25 a 28 de julho. A Festa Italiana de Canas é realizada anualmente no mês de julho e celebra a chegada dos primeiros imigrantes italianos em 1887. Assim, a principal atração da festa é a culinária típica italiana, pois o evento reúne restaurantes de renome da região. Além disso, a Festa conta com shows no palco principal e apresentação de danças típicas.

São Sebastião

Conhecida por suas belas praias; pelo turismo de aventura e pelo turismo histórico, a cidade de São Sebastião fica a 200 km da capital paulista e oferece amplo contato com a natureza.
Entre os principais atrativos, estão: mais de 30 praias para curtir, com infraestrutura e pé na areia; cachoeiras como as de Toque-Toque, Calhetas e Camburi; diversas opções de trilhas; o Centro Histórico, que é tombado desde 1969; a Capela de São Gonçalo; entre outros.

Além disso, os primeiros imigrantes italianos chegaram em São Sebastião em 1885. Inclusive, uma das famílias imigrantes se hospedaram em uma casa e fundaram um comércio, que tornaram o local conhecido como Casa da Esperança.

Atualmente, um dos principais eventos da cidade é o Festival Italiano, que acontece de 12 a 15 de setembro, na Avenida Doutor Altino Arantes, s/n Complexo Turístico da, R. da Praia.
Esse é um evento que celebra a gastronomia e cultura Italiana e conta com programação especial. No festival, há intervenções artísticas, culturais e musicais, além de praça de alimentação com mais de 40 restaurantes. Eles oferecem diversas opções gastronômicas e bebidas tradicionais da Itália.

Guaratinguetá

Lar do primeiro santo brasileiro, Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, o Frei Galvão, a cidade está a 173,7 km de São Paulo e tem como foco o turismo religioso. Entre os atrativos, está o Santuário Frei Galvão; a Casa Frei Galvão; o Museu Frei Galvão e o Arquivo da Memória de Guaratinguetá.

Além disso, na metade do século XIX e no início do século XX, imigrantes italianos chegaram a Guaratinguetá e suas famílias se estabeleceram, a princípio, no Núcleo Colonial do Piagui, criado para receber famílias imigrantes para lavoura. Nesse sentido, uma das principais festividades que acontece na cidade é a Festa Italiana do Piagui, que ocorre de 14 a 18 de setembro, no Pátio da Igreja São João Batista, na Estrada Vicinal Césare Zangrandi, Colônia do Piagui.

A Festa Italiana traz diversas atrações e os mais deliciosos pratos típicos preparados pelas famílias de descendentes de italianos, que se instalaram em Guaratinguetá há mais de 100 anos. Durante os quatro dias de evento, os visitantes poderão degustar diversos pratos da cultura italiana enquanto assistem a apresentações.

Itu

Localizada a 104 km de São Paulo, Itu é uma cidade conhecida por sua gastronomia e por seus atrativos em “grande escala”. Entre os atrativos da cidade, estão: a Fazenda Chocolate; Parque de Maeda; Parque Geológico Varvito; Igreja Matriz de Nossa Senhora da Candelária; a Praça do Exageros, que abriga itens como o orelhão e o semáforo gigante; o Museu de Energia; o Espaço Cultural Alemida Júnior, entre outros. Além disso, no âmbito gastronômico, um dos destaques vai para o delicioso bife á parmegiana do Bar do Alemão.

Já a relação de Itu com a cultura italiana começou no final do século XIX, quando o Brasil aboliu a escravatura e precisava de mão-de-obra para trabalhar nas fazendas de café que despontavam no País. Então, fazendeiros de São Paulo e de Itu ofereciam passagens de navio para que famílias inteiras migrassem para o Brasil. Com a ferrovia inaugurada em 1873, mais imigrantes italianos chegaram a Itu para trabalhar nas lavouras de café.

Atualmente, um dos eventos temáticos de Itu é a Festa Italiana.De 20 a 28 de janeiro deste ano o evento aconteceu Praça Padre Miguel, reunindo atrações musicais e comidas típicas, como polenta frita, macarrão, pizza e frango. A entrada para o evento e os shows são gratuitos.

Salto

Famosa pelo turismo natural, histórico e religioso, Salto é uma cidade que possui diversos atrativos. Entre eles, estão: Monumento a Nossa Senhora do Mont Serrat; o Memorial do Tietê; o Marco Zero; as Tecelagens e Vilas Operárias, entre outros. Além disso, Salto tem uma posição estratégica próxima à margem direita do Rio Tietê. Isso permitiu que o empresário Galvão da França Pacheco Júnior inaugurais a primeira fábrica de tecidos do município, em 1873. Essa fábrica tornou-se a maior empregadora da cidade e foi responsável pelo surgimento das Vilas Operárias, que atraíram os imigrantes italianos para a cidade, em 1980.

Atualmente, um dos eventos da cidade é a Festa Ítalo Saltense, que acontece de 31 de maio a 02 de junho, no Pavilhão das Artes. Promovida pela Prefeitura da Estância Turística de Salto, através da Secretaria Municipal de Cultura, o evento resgata a cultura italiana na cidade. Para isso, conta com apresentações culturais, shows e comida típica. A entrada para o evento é franca.

São Roque

Famosa pelo enoturismo e pelo turismo de compras, a cidade de São Roque está a 70km de São Paulo. Entre os atrativos da cidade, há as vinícolas; o Catarina Fashion Outlet; trilhas para caminhada; a Igreja Matriz de Nossa Senhora; o Centro Cultural Brasital, entre outros.

Além disso, em 1890 chegaram os primeiros italianos em São Roque, atraídos pelo clima montanhoso, que se assemelhava ao de algumas regiões da Itália. No mesmo ano, o empresário Enrico Dell’Acqua fundou a Brasital, uma das primeiras indústrias têxteis brasileiras, que funcionou até meados dos anos 1970. Atualmente, faz parte do patrimônio público municipal e abriga um Centro Cultural, Educativo e Turístico, assim como a Biblioteca Municipal.

Um dos principais eventos que acontecem na cidade é a Festa da Alcachofra, que ocorre em outubro, no Recanto da Cascata. O evento é dedicado a venda e consumo da flor da alcachofra. Além disso, a festa possui um empório de vinho, parque de brinquedos e oferece artesanatos e variedades gastronômicas.

VOEPASS Linhas Aéreas amplia operações e anuncia novos destinos

A VOEPASS Linhas Aéreas está preparando uma expansão significativa em suas operações, visando fortalecer sua presença nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. A partir do dia 31 de março, a companhia introduzirá novas rotas e aumentará a frequência de voos em diversas cidades brasileiras, oferecendo aos passageiros mais opções e conveniência.

Entre os novos destinos anunciados estão voos de Cascavel (PR) para Congonhas (SP), Caxias do Sul (RS) para Guarulhos (SP), Chapecó (SC) para Guarulhos (SP), Chapecó (SC) para Florianópolis (SC), Florianópolis (SC) para Porto Alegre (RS), Maringá (PR) para Congonhas (SP) e Rio Verde (GO) para Guarulhos (SP).

Além disso, a VOEPASS irá aumentar a oferta em rotas estratégicas, como Ribeirão Preto (SP) para Guarulhos (SP) e Juiz de Fora (MG) para Guarulhos (SP), aumentando as operações diárias de duas para três. A companhia também adicionará voos entre Presidente Prudente (SP) e o Aeroporto de Guarulhos, complementando a operação existente entre Presidente Prudente e Congonhas.

As passagens para esses novos voos e frequências já estão disponíveis para compra no site e nos demais canais de venda da LATAM, parceira de codeshare da VOEPASS. A exceção são as rotas Chapecó/Guarulhos, Chapecó/Florianópolis e Florianópolis/Porto Alegre, cuja comercialização será iniciada em 25 de fevereiro, com operações começando em 1º de maio.

Eduardo Busch, CEO da VOEPASS Linhas Aéreas, destaca que essas novas operações representam um avanço significativo na reestruturação da malha da companhia, contribuindo para o desenvolvimento e popularização do transporte aéreo regional no Brasil.

Atualmente, a VOEPASS atende diversos destinos em todo o território nacional, operando com uma frota de 14 aeronaves dos modelos ATR 42 e ATR 72. Em 2023, a empresa foi responsável pelo transporte de aproximadamente 1% do total de passageiros do mercado brasileiro, contando com uma equipe de 1087 funcionários. A companhia opera sob certificação IOSA e é membro de importantes associações do setor, como ABEAR, IATA e ALTA.

Conheça os destinos mais procurados em cada estado brasileiro

s destinos nacionais mais procurados em cada estado na hora de viajar foram revelados por pesquisa do site de busca e venda de passagens aéreas, Decolar. Com base na procura de passagens aéreas em suas plataformas de vendas (site e app), é possível conhecer quais as tendências das viagens nacionais para o primeiro semestre de 2024.

Na região Sudeste, por exemplo, São Paulo (SP) empata com Recife (PE) na preferência dos turistas. Enquanto mineiros e capixabas buscaram a cidade da Garoa, cariocas e paulistas estão querendo conhecer a capital do frevo, Recife (PE). Em segundo lugar, a maior parte das buscas de embarque de Minas Gerais é para Porto Seguro; no Rio de Janeiro, para Fortaleza; em São Paulo, para Salvador e no Espírito Santo, para o Rio de Janeiro. No terceiro lugar da intenção de viagem de quem estará no Sudeste aparecem as capitais nordestinas: Recife, Salvador e Maceió.

São Paulo também é maioria de preferência de quem embarcará no Sul do país. A cidade está no Top 1 dos paranaenses e catarinenses. Já os gaúchos, preferem o Rio de Janeiro. A capital fluminense é segundo lugar de preferência dos paranaenses e catarinenses. Já quem embarcará do Rio Grande do Sul, prefere São Paulo em segundo lugar. E, Recife, é unânime no terceiro lugar na intenção de turistas dos três estados sulistas.

Atravessando o mapa, na região Norte, a cidade de São Paulo está em primeiro lugar para paraenses, acreanos, roraimenses, rondonienses e tocantinenses. A diferença fica apenas por conta dos amazonenses e amapaenses, que têm em suas buscas a preferência por Fortaleza e Belém, respectivamente. Na segunda opção de preferência aparecem São Paulo, para quem embarcará do Amazonas e Amapá. Fortaleza ocupa o segundo lugar das preferências de quem sairá do Pará, Acre e Roraima, e Recife, para quem estará em Rondônia.

No Nordeste, a predileção é unânime! Todos os nove estados da região têm a cidade de São Paulo como a top 1 da busca por viagens nacionais. Rio de Janeiro ocupa o segundo lugar das buscas para quem embarcará de todos os estados nordestinos. E, na terceira posição, Brasília é a preferência de quem sairá do Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba e Alagoas. Fortaleza foi a eleita pelos maranhenses e pernambucanos; Porto Alegre, para quem sairá de Sergipe e Bahia, e Recife ocupa o terceiro lugar na preferência dos cearenses. Rio de Janeiro é a terceira opção para Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco. A capital federal ocupa a terceira posição na preferência de quem sairá da Paraíba, Rio Grande do Norte e Piauí. No Maranhão, a mais buscada foi Fortaleza e no Ceará, Recife.

Já no centro-oeste, as maiores buscas saindo de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul são para São Paulo. No Distrito Federal, o Rio de Janeiro está no Top 1. A capital fluminense ocupa o segundo lugar da preferência dos goianos, mato-grossenses e sul-mato-grossenses. Os brasilienses têm como segunda preferência, Recife (PE). A capital do frevo é a terceira opção para quem embarca em Goiás e Mato Grosso do Sul. Já em Goiás, a capital alagoana é a preferência e no Distrito Federal, a eleita é São Paulo.

Além dos dados por estados, a pesquisa também revela um aumento de 36% na busca por passagens aéreas no primeiro semestre de 2024, em relação a 2023. O levantamento considerou embarques de todos os estados do país no período de janeiro a julho deste ano.

PESQUISA – O resultado da pesquisa sobre as buscas de viagens para o 1º semestre converge com os desejos dos brasileiros, revelado pela pesquisa inédita do Ministério do Turismo. Segundo o estudo, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia também foram os primeiros três destinos mais desejados pelos brasileiros para viajar neste ano.

Dos 43% que responderam ter vontade de viajar em 2024, 15% apontaram o desejo de ir para São Paulo e para o Rio de Janeiro. Em seguida vem a Bahia, com 11% das intenções de visitas dos entrevistados. O Ceará foi citado por 9% e Santa Catarina e Pernambuco, por 7%.

No que se refere às regiões, o Nordeste é o campeão, apontado por 48% de pessoas que pretendem conhecer o Brasil em 2024, seguido por Sudeste (38%), Sul (16%), Norte (7%) e Centro-Oeste (6%).

Além dos mais cotados para 2024, a pesquisa também revelou os locais que os brasileiros têm vontade de conhecer em algum momento da vida. Em uma escala de interesse que varia de 0 a 10, Salvador, com toda sua beleza natural e cultura brasileira, foi a campeã, teve média de 7,1. A paradisíaca ilha de Fernando de Noronha, ficou em segundo, com 6,9 e os destinos Rio de Janeiro (6,7), Lençóis Maranhenses (6,5) e Florianópolis (6,4) ficaram em terceiro, quarto e quinto lugar, respectivamente, deixando claro a preferência dos brasileiros pelo turismo de sol e praia.

ATRATIVOS – Destinos que oferecem opções de sol e praia, natureza/ecoturismo e saúde/bem-estar largam na frente da corrida pela atenção do turista. Sol e praia é a atração turística preferida de 59% dos entrevistados. Natureza/ecoturismo ocupa o segundo lugar, sendo citado por 27% dos participantes. Saúde/bem-estar vem em seguida, com 20%; turismo de aventura é o eleito de 16% e o religioso/espiritual é a preferência de 14% dos que participaram da pesquisa.

Os locais que oferecem belezas naturais para atrair visitantes também saem na frente. Isso porque 31% consideram esse fator na escolha de uma viagem. Preço baixo/favorável é o eleito por 25%, possibilidade de reencontro com familiares/amigos, por 23% e boas avaliações é um critério relevante para 15% dos entrevistados.

CONHEÇA O BRASIL – O Ministério do Turismo conta com as iniciativas “Conheça o Brasil Voando; Conheça o Brasil Realiza e Conheça o Brasil Cívico”, criadas com o intuito de estimular as viagens domésticas no país, por meio de ações como a ampliação da oferta de novos voos, oferta de linha de crédito específica para compra de produtos de viagem e também estímulo às viagens para a Capital Federal, em um movimento de valorização dos símbolos nacionais e da nossa democracia.

*Por Cláudia Bispo/Ministério do Turismo

Hotéis do Estado de SP devem movimentar R$ 105 milhões no Carnaval

O Carnaval de 2024 promete aquecer os negócios hoteleiros em todo o estado de São Paulo, de acordo com um estudo conduzido pela Federação de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Estado de São Paulo (Fhoresp) em colaboração com o Instituto de Desenvolvimento, Turismo, Cultura, Esporte e Meio Ambiente (IDT-CEMA). Estima-se que os quatro dias de festividade injetem quase R$ 105 milhões nos hotéis paulistas, com uma taxa de ocupação prevista de até 90% durante o período, abrangendo a capital, o litoral e o interior do estado.

A projeção, baseada no total de Unidades Habitacionais (UHs) disponíveis no estado, indica que os hotéis das regiões de “Interior e de Lazer” serão os mais beneficiados, com uma expectativa de movimentação de aproximadamente R$ 41,6 milhões. Cidades como Campos do Jordão, Olímpia, Serra Negra, Socorro e Águas de Lindóia devem registrar uma taxa de ocupação de 85% durante o Carnaval.

Na capital paulista, o segmento hoteleiro estima um faturamento de cerca de R$ 32,7 milhões durante a folia, impulsionado pelos desfiles das escolas de samba e pelos tradicionais blocos carnavalescos. Apesar do expressivo montante, a taxa de ocupação esperada é de 57%, principalmente devido às atividades no Sambódromo do Anhembi, que atrai visitantes de todo o país.

Já no litoral paulista, espera-se a maior taxa de ocupação durante o Carnaval, com previsão de atingir até 90%. No entanto, essa região terá uma menor participação em valores, contribuindo com aproximadamente R$ 18 milhões do total movimentado pelo setor hoteleiro no período festivo.

Arraial d’Ajuda é eleito o destino mais acolhedor em todo o mundo

Pela primeira vez uma localidade brasileira figura em primeiro lugar na pesquisa Traveller Review Awards, feita anualmente pela empresa turística Booking.com. Em sua 12º edição, a premiação reconhece os prestadores de serviços de viagens de 221 países e territórios pelo seu compromisso com a hospitalidade e a excelência ao longo do ano.

Arraial D’Ajuda, distrito de Porto Seguro, na Bahia, ficou em primeiro na lista global, eleito por mais de 309 milhões de avaliações de clientes do Booking.com, seguida por Ermoupoli (Grécia), Viana do Castelo (Portugal) e Daylesford (Austrália). Participante da Rota do Descobrimento do Brasil, o destino baiano é famoso pelo ambiente calmo e sereno. Para dois terços (66%) dos turistas que querem descansar e recarregar as energias enquanto viajam em 2024, a localidade é uma escolha ideal.

Neste ano, o Brasil subiu duas posições em relação ao ranking do ano passado e é o 7º país com mais premiações do Traveller Review Awards 2024. Em primeiro lugar vem a Itália, seguida pela Espanha, França, Alemanha e Reino Unido.

RANKING BRASILEIRO – Além de Arraial no topo do mundo, a pesquisa também divulgou os top 10 destinos mais acolhedores dentro do Brasil. A lista tem como base os locais com pelo menos 50 acomodações elegíveis ao prêmio da plataforma.

São Bento do Sapucaí, em São Paulo, ficou em primeiro lugar, seguido de Pedra Azul (ES), Carrancas (MG) e Visconde de Mauá (RJ). Dentre os cinco estados mais acolhedores a ordem fica com Santa Catarina em primeiro, Rio Grande do Sul em segundo, Espírito Santo em terceiro, seguidos por Alagoas e Rio Grande do Norte.

Confira os rankings completos:

Os destinos mais acolhedores do mundo em 2024

1) Arraial d’Ajuda (Brasil)
2) Ermoupoli (Grécia)
3) Viana do Castelo (Portugal)
4) Daylesford (Austrália)
5) Grindelwald (Suíça)
6) Moab (Estados Unidos)
7) Uzes (França)
8) Mazatlan (México)
9) Jaisalmer (Índia)
10) Fujikawaguchiko (Japão)

Destinos mais acolhedores do Brasil em 2024

1) São Bento do Sapucaí, São Paulo
2) Pedra Azul, Espírito Santo
3) Carrancas, Minas Gerais
4) Visconde de Mauá, Rio de Janeiro
5) Gonçalves, Minas Gerais
6) Flecheiras, Ceará
7) Maraú, Bahia
8) Pomerode, Santa Catarina
9) Cunha, São Paulo
10) Nova Petrópolis, Rio Grande do Sul

Por Cláudia Bispo

Turistas estrangeiros deixam R$ 34,5 bi no Brasil em 2023 e país atinge o topo do ranking de crescimento da ONU Turismo na América do Sul

semana começa com uma boa notícia para o turismo brasileiro. A ONU Turismo divulgou nesta segunda-feira (05.02) que o Brasil é o país da América do Sul com melhor performance na arrecadação de receitas deixadas por estrangeiros que visitam o país. A informação é reforçada pelo fato de os turistas internacionais terem deixado, na economia brasileira, R$ 34,5 bilhões apenas em 2023, um recorde histórico, e 1,5% acima da quantia arrecadada em 2014, ano em que se realizou a Copa do Mundo no Brasil.

O crescimento de 15% em relação ao período pré-pandemia coloca o país em 14º lugar entre as nações que apresentaram maior crescimento.

Do continente sul-americano, o Brasil é o único citado na lista de 20 países. Já na região das Américas aparece em segundo lugar, atrás apenas do México que ostenta a 10ª colocação. De acordo com o levantamento, o país com maior crescimento nas receitas deixadas por estrangeiros foi a Sérvia com a marca de 79%.

“A cada novo dado divulgado, comprovamos como as políticas implementadas pelo governo federal por meio do Ministério do Turismo, juntamente com a promoção do nosso país desenvolvida pela Embratur, têm gerado resultados concretos que beneficiam diretamente a economia brasileira. E o escritório da ONU Turismo que inauguramos em dezembro, no Rio de Janeiro, será determinante para melhorarmos ainda mais esses números em toda a região das Américas e Caribe”, avalia o ministro do Turismo, Celso Sabino.

Está previsto para quinta-feira (08.02), a realização de um evento no Rio de Janeiro para comemorar os dados de receitas deixadas por estrangeiros no Brasil em 2023. O resultado obtido – crescimento de 41% – é muito acima da meta estipulada pelo Plano Nacional de Turismo, inicialmente previsto para 8,58% na receita gerada pelo turismo internacional em 2023.


Crédito: ONU Turismo

Proteja seu amigo: Veja dicas para viajar com seu pet na estação mais quente do ano

As tão aguardadas férias de verão chegaram e o que a maioria das pessoas quer neste período é viajar e aproveitar os dias de sol e calor. Mas para quem é tutor de pet, deixar seu melhor amigo em casa é uma parte muito chata na hora de viajar.

Por isso, cada dia mais as pessoas têm planejado viagens onde possam incluir seus bichinhos de estimação. Mas, fique atento aos cuidados prévios que são essenciais para a saúde do animal e a diversão de todos.

Pesquise locais adequados para eles – Antes de sair de viagem com seu melhor amigo, certifique-se que ele será bem-vindo nos locais em que vocês estarão passeando. Pesquisar hotéis e lugares pet friendly é o primeiro passo para que todos se divirtam e você não tenha que acabar deixando seu animalzinho sozinho em um lugar desconhecido para ele – o que pode causar bastante estresse ao animal – ou até deixar de curtir um passeio porque ele não pode participar.

O conforto do seu amigo é importante, então, certifique-se que o local tem tudo que seu bichinho necessita. Lembre-se que ele precisa ter um espaço adequado para dormir e fazer suas necessidades, além da alimentação própria – fuja do improviso. Levar alguns de seus brinquedos favoritos pode ser uma boa dica para que ele não se sinta aflito longe do seu habitat.

Na hora de pegar a estrada – Os cuidados ao viajar de carro com seu pet são muito importantes. Principalmente no verão, a temperatura é um ponto que precisa ser levado em conta para evitar desconfortos e até mal estar. Se possível, dê preferência ao ar-condicionado para deixar seu pet sempre refrescado. Oferecê-lo água de tempos em tempos também é essencial para manter a hidratação do animal. Outra dica é fazer pequenas paradas de duas em duas horas para que ele possa caminhar um pouco e fazer suas necessidades, além de ir molhando o bichinho para refrescá-lo, principalmente nas patinhas.

Ainda tem aqueles animais que podem enjoar na hora de entrar no carro. Verifique com um veterinário a possibilidade de administrar algum medicamento para enjoo, caso necessário, mas deixá-lo em jejum duas horas antes de pegar a estrada também pode ajudar. Lembre-se que cada animal é um e cada caso é um caso, logo, é necessário que o veterinário que já acompanha seu pet dê dicas caso haja um mal estar na hora de passear de carro.

A segurança para transportar seu pet também é super importante. Nunca deixe o seu bichinho solto ao andar com ele de carro, ele pode se machucar à menor freada. A própria legislação de trânsito exige que o animal seja transportado de forma segura, sempre no banco de trás do carro, em caixa de transporte adequada ao tamanho e peso do animal ou cinto de segurança especial para pets – ambos podem ser adquiridos em lojas de produtos de animais.

Se a viagem for de avião, consulte as regras da companhia aérea que você escolheu. Cada empresa tem sua própria política de transporte de animais. A depender do peso e tamanho, alguns bichinhos podem ser transportados na cabine de passageiros, junto ao dono, porém, outros apenas poderão ir no bagageiro do avião, o que pode ser um pouco mais arriscado para o animal, principalmente para os cães braquicefálicos – aqueles de focinho achatado – como Buldogues e Pugs. É sempre recomendado visitar o veterinário antes de embarcar.

Cuidados com o calor – Aproveitar o dia bonito e o calor do verão para passear com seu animal ao ar livre é sempre uma delícia, principalmente para aqueles que adoram brincar com bolinhas e entrar na água. Mas é sempre bom lembrar que eles têm uma temperatura corporal diferente da nossa e, portanto, têm mais facilidade em superaquecer seu organismo.

Preste sempre muita atenção aos sinais que eles emitem. Respiração muito ofegante e salivação excessiva podem ser um alerta de que é hora de ir para a sombra e deixar seu amigo descansar um pouco. Não esqueça de sempre oferecer água ao seu bichinho.

As patinhas também merecem uma atenção especial. Não deixe seu amigo com as patas diretamente no chão quente, isso pode queimar os coxins – aquelas almofadinhas fofas nas patinhas – e causar graves feridas no seu cão. Certifique-se sempre que a temperatura do chão está confortável para ele fazendo o teste com sua própria mão. Coloque as costas da mão no chão por algum tempo. Se estiver muito quente para você, também estará para ele.

Os animais também precisam de proteção solar. Além de certificar-se que sempre haverá uma sombra para seu animalzinho se refrescar do sol quando sentir vontade, eles também precisam passar protetor solar. Existem produtos especialmente feitos para eles que protegem seu corpo do sol, principalmente as partes com menos pelos. Lembre-se também de não deixá-los dentro do carro sozinhos, nem mesmo com o ar condicionado ligado. Eles têm mais facilidade em ter hipertermia – superaquecimento do corpo – e isso pode ser fatal.

Certificando-se dos cuidados necessários e do conforto do seu animal na viagem, é só aproveitar sua agradável companhia e desfrutar do verão com seu melhor amigo.

Por Cláudia Bispo

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Turismo de SP: temporada de verão gera alta procura por destinos litorâneos no Estado

As cidades do Litoral de São Paulo, com 622 km de praia, estão entre os principais destinos turísticos do Estado, oferecendo o equilíbrio perfeito entre relaxamento, aventura, cultura e gastronomia.

No topo da lista de preferência dos viajantes estão os destinos de Ubatuba, Guarujá, Praia Grande, São Sebastião e Santos, localizados tanto no Litoral Norte quanto na Baixada Santista, de acordo com estudos do Centro de Inteligência da Economia do Turismo da Secretaria de Turismo e Viagens do Estado (Ciet/Setur-SP). A Baixada Santista, por exemplo, recebeu em 2023 um número estimado de 8 milhões de turistas e excursionistas em suas nove cidades.

“São cidades que proporcionam uma variedade de experiências, desde o agito das praias movimentadas até a tranquilidade de recantos mais isolados. A combinação de belezas naturais, atividades culturais e uma rica oferta gastronômica torna o litoral de São Paulo uma escolha atraente para os turistas em 2024”, afirmou o secretário de Turismo e Viagens do Estado de SP, Roberto de Lucena.

Santos – Parque municipal

Em Santos, há uma estimativa de aproximadamente 2,8 milhões de turistas e excursionistas neste verão, de acordo com a Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo. Esse número é 7,7% maior que o registrado no verão de 2023 (2,6 milhões). A cidade atrai viajantes pelo maior jardim de orla do mundo, o famoso calçadão, possui também belos aquários e museus que preservam o acervo histórico-cultural do país.

Outro destino muito procurado do litoral paulista é o Guarujá, que em dezembro de 2023 ocupou o terceiro lugar no ranking de cidades mais buscadas para aluguel de imóveis de temporada, de acordo com o Ciet/Setur-SP.

São Sebastião, conhecida pelas suas praias preservadas e vilarejos encantadores, oferece uma experiência mais tranquila. A cidade pertence ao Litoral Norte, que recebe anualmente em torno de 5 milhões de turistas, conforme informado pelas Secretarias de Turismo locais. As praias de Maresias e Juquehy são especialmente procuradas, atraindo turistas em busca de beleza natural e conforto.

Com mais de 100 praias, Ubatuba é um paraíso para os amantes da natureza. Suas paisagens deslumbrantes e opções para atividades ao ar livre, como trilhas e cachoeiras, atraem turistas em busca de aventura e relaxamento.

Guarujá – Elias Gomes

Investimento governamental no Litoral Paulista
Em 2023, as cidades de Bertioga, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Santos e São Vicente receberam um aporte de R$ 56,2 milhões do governado estadual, através da Setur-SP, com obras de infraestrutura que, consequentemente, beneficiaram moradores e visitantes. A região da Baixada Santista assinou em 2023 14 novos convênios e receberá investimentos de R$ 77 milhões.

Ranking revela as melhores cidades para idosos no Brasil

Um novo estudo elaborado pela Fundação Getúlio Vargas, em parceria com o Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, revelou as cidades mais amigáveis para os idosos no Brasil, considerando fatores como serviços públicos, infraestrutura, saúde e segurança. Confira o resultado desse levantamento:

1. Florianópolis (SC): A capital de Santa Catarina conquistou o primeiro lugar, unindo os benefícios de uma cidade grande à tranquilidade do interior. Reconhecida pela UNESCO como a cidade mais criativa do Brasil, Florianópolis destaca-se por suas belas praias, infraestrutura de qualidade e ambiente seguro.

Foto: Divulgação

2. Niterói (RJ): Localizada no Rio de Janeiro, Niterói ostenta a maior proporção de médicos por habitante, assegurando um excelente serviço de saúde. Além disso, a proximidade com a capital carioca e a presença de atrativos turísticos tornam a cidade uma excelente opção para quem busca um lugar agradável para viver após os 60 anos.

Foto: Divulgação

3. Porto Alegre (RS): Outra capital sulista presente na lista é Porto Alegre, destacando-se pela qualidade na oferta de moradia, com condomínios que garantem segurança. A cidade também se sobressai pelos serviços de saúde, com uma variedade de profissionais, especialmente médicos e enfermeiros. Porto Alegre ainda oferece diversas opções de lazer.

Foto: Divulgação

4. Tupã (SP): Conhecida por abrigar uma considerável população idosa, Tupã, a 435 km de São Paulo, oferece tranquilidade, áreas verdes predominantes, museus e uma variedade de opções de lazer para toda a família, especialmente para aqueles que já ultrapassaram os 60 anos.

Foto: Divulgação

Essas cidades destacam-se não apenas pelos indicadores quantitativos, mas também pela qualidade de vida que proporcionam aos idosos, tornando-as destinos atrativos para quem busca um ambiente favorável e acolhedor na terceira idade.

Brasil adia exigência de vistos para Austrália, Canadá e EUA para abril de 2024

O início da obrigatoriedade de vistos de entrada no Brasil para portadores de passaporte comum de Austrália, Canadá e Estados Unidos foi adiado para 10 de abril de 2024, conforme o Decreto nº 11.875, publicado em edição extra do Diário Oficial da União nesta quinta-feira, 4 de janeiro. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou o decreto, modificando a previsão inicial do Decreto n° 11.692, que estabelecia a cobrança de vistos a partir de 10 de janeiro.

O adiamento visa garantir a conclusão do processo de implementação do sistema, evitando impactos durante a alta temporada de viagens de fim e início de ano. A medida, baseada na política de reciprocidade, busca uma introdução segura da exigência de vistos sem prejudicar o setor de turismo. O conceito de reciprocidade foi destacado pelo ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, como um mecanismo de diplomacia brasileira, enfatizando a importância de acordos equitativos entre países para a isenção de vistos. Em maio de 2023, o Brasil alcançou um acordo com o Japão para a isenção mútua de vistos, que entrou em vigor em setembro do mesmo ano.